XC Consultores - Prestação de serviços de consultoria em Sistemas de Gestão, Lean Manufacturing e Internacionalização.
+351 225 097 943
Av. Fernão Magalhães, 1785-1791 Porto, Porto 4350-171 Portugal
map
Notícias

portfólio
produtos

Receba a nossa newsletter
A Certificação Florestal surgiu como resposta à crescente preocupação da sociedade em reduzir o impacto ambiental dos produtos que consomem. Os sistemas e os procedimentos da Certificação Florestal reflectem e complementam sistemas de certificação pioneiros, principalmente baseados nos sistemas ISO de Gestão da Qualidade e sistemas de certificação de Modo de Produção Biológico. 
 
Actualmente existem 8 sistemas de certificação principais, distribuídos por todo o Mundo, sendo o Forest Stewardship Council (FSC) e o Programme for the Endorsement of Forest Certification (PEFC) os sistemas que têm obtido maior relevância a nível Mundial.
 
O FSC, é uma organização sem fins lucrativos, não governamental, internacional e independente, que foi constituída por fornecedores e comerciais de madeira, representantes de organizações ambientais e associações de direitos humanos. 
Este sistema de certificação de gestão florestal promove uma gestão responsável através de princípios e critérios mundialmente reconhecidos e respeitados. O que o FSC pretende é que todas as fases da produção e o progresso dos produtos florestais ao longo da cadeia de valor sejam provenientes de florestas em que:
  • A gestão florestal assegure que a exploração de madeira e de produtos não lenhosos não ponham em causa a biodiversidade, a produtividade e os processos ecológicos da floresta.
  • A gestão florestal  ajude tanto a população local, como a sociedade em geral a disfrutar de benefícios a longo prazo, incentivando ainda a população local a manter os recursos florestais e a aderir a planos de gestão.
  • As intervenções florestais sejam estruturadas e geridas de forma a serem suficientemente rentáveis, sem gerarem lucros financeiros à custa dos recursos florestais, dos ecossistemas ou das comunidades envolvidas.
 
Para tal, existem três tipos de certificação FSC, tendo em conta os diferentes intervenientes de todo o ciclo de produção de um produto cuja matéria-prima seja de origem florestal:
  • A Certificação FSC de Gestão Florestal para proprietários ou gestores florestais.
  • A Certificação FSC de Cadeia de Custódia para fabricantes, transformadores e comerciantes de produtos florestais. Esta certificação verifica a rastreabilidade de materiais e produtos certificados FSC ao longo da cadeia produtiva.
  • A Certificação FSC de Madeira Controlada que foi desenvolvida para garantir que as organizações e/ou empresas não incluem categorias de madeira consideradas inaceitáveis em produtos FSC. 
 
Assim, este programa de Certificação Florestal proporciona a ligação entre a floresta e o utilizador final, assegurando que os materiais e produtos com marca FSC são provenientes de florestas geridas de forma responsável a nível ambiental, social e económico.
 
 
O PEFC é uma iniciativa, tal como o FSC, sem fins lucrativos, mas que nasceu no sector privado, baseada numa visão comum entre entidades interessadas na gestão florestal sustentável a nível nacional e regional. 
 
O PEFC, ao contrário do FSC, está assente nos indicadores pan-europeus, de modo a que os produtos de origem florestal sejam produzidos com padrões éticos, ecológicos e sociais, fazendo uso das normas ISO, para garantir a independência, transparência e imparcialidade dos processos de certificação. 
 
Assim, todas as entidades que se certificam pelo PEFC estão em conformidade com as exigências da Organização Internacional de Normalização (ISO) para organismos de certificação. 
 
Este sistema de certificação florestal assegura aos consumidores e público em geral que as florestas certificadas no âmbito do programa são geridas em conformidade com os critérios de Helsínquia:
  • Manutenção e melhoria adequada dos recursos florestais e sua contribuição para os ciclos globais de carbono;
  • Manutenção da saúde e vitalidade do ecossistema florestal;
  • Manutenção e promoção das funções produtivas das florestas (madeira e não madeira);
  • Manutenção, conservação e melhoria adequada da diversidade biológica nos ecossistemas florestais;
  • Manutenção e melhoria adequada das funções de protecção na gestão florestal (sobretudo solo e água);
  • Manutenção e outras funções e condições socioeconómicas.
 
Para além disto, este sistema procura a coerência com as políticas florestais nacionais e uma adaptação à pequena propriedade florestal.
 
Obtendo a certificação de Gestão Florestal PEFC, as empresas estão a demostrar que os seus produtos são provenientes de empresas cujos modelos de gestão cumprem os requisitos de uma gestão florestal sustentável a nível regional, nacional e internacional.  
 
A escolha do tipo de sistema de certificação a adoptar está dependente do tipo de produtos florestais produzidos e respectivas exigências de comercialização, nacionais e internacionais.
 
Para mais informações consulte:
http://pt.fsc.org/index.htm
http://www.pefc.pt/
 
Ou contacte-nos directamente para o:
geral@xcconsultores.pt
Desenvolvido por Primariu